Windows 7, Windows 8, Windows 10. Qual o melhor?

04/01/2017

Tenho atendido vários clientes com computadores novos que vem de fábrica com Windows 8 ou Windows 10. Muitos tem me relatado que não gostaram e querem saber se podem trocar para windows 7. Por isso resolvi escrever esta matéria na qual abordo o assunto de um ponto de vista técnico e também de um ponto de vista de usuário.

Técnicamente falando o Windows 7 é o melhor sistema que a Microsoft já fez. Mas isso é uma opinião técnica! Já do ponto de vista de usuário isso varia. Uns gostaram. Outros não. Entre meus clientes a maioria não gostou. E na minha opinião também não gosto. Para ficar mais fácil vamos ver os prós e contras.

Windows 7 - Prós

Fácil manutenção. Quando ocorrem problemas é mais fácil de consertar. Configuração bastante flexível. Pode se alterar quase tudo. Um sistema bem mais parecido com o que se pode imaginar da plataforma windows desde que foi criada.

Windows 7 - Contras

Carregamento um pouco mais lento. Difícil de instalar em algumas marcas de computadores.

Windows 8 - Prós

Carregamento rápido. Compatível com a maioria dos computadores novos. Possibilidade de restauração para os padrões de fábrica.

Windows 8 - Contras

Manutenção mais complicada. Em caso de problemas provavelmente será necessário reinstalar. Necessário máquinas mais potentes. Totalmente diferente do que se conhece da plataforma windows.

Windows 10 - Prós

Infelizmente não consegui ver nada bom.

Windows 10 - Contras

É um sistema que te deixa poucas opções de configuração. Assume total controle e as vezes parece que quer "mandar" em você. Em relação a plataforma windows como a conhecemos a única coisa que vale é que o Menu Iniciar é mais parecido com o tradicional. O Windows 10 possui uma estratégia de Marketing por parte da Microsoft que praticamente obriga o usuário a se manter on line o tempo todo.

Conclusão: Não existe nada que se faça no Windows 8 ou Windows 10 que não se possa fazer no Windows 7. Este último é um sistema prático, estável e mais leve que os outros. Por isso eu mesmo continuo usando tanto profissionalmente como pessoalmente.